terça-feira, 17 de abril de 2018

RAIO DE SOL (1941)


Um romance musical repleto de momentos engraçados, que embora seja bem antigo, vale muito a pena assistir nos dias de hoje. It Started With Eve foi lançado no ano de 1941 e foi dirigido por Henry Koster. Infelizmente esse filme possui um título horrível aqui no Brasil, Raio de Sol, um título que até agora estou tentando entender, mas enfim, felizmente isso não compromete o ótimo conteúdo da produção. É uma comédia um pouco diferente do que estamos acostumados, pois além de misturar um típico romance com música, seu enredo é que o torna um filme digno de ser visto e reconhecido. O longa é estrelado por Deanna Durbin (1921-2013), Charles Laughton (1899-1962) e Robert Cummings (1910-1990).


Sinopse: Jonathan Reynolds (Charles Laughton) é um milionário idoso que agonizava em sua cama quando recebe a visita do filho Johnny (Robert Cummings) que tinha saído de casa. Ao contar que estava noivo, o pai quer conhecer a moça. Johnny corre para o hotel, mas não a encontra, pois ela e a mãe saíram para fazer compras. Achando que seu pai não aguentará esperar, ele propõe a Anne Terry (Deanna Durbin), uma humilde funcionária do hotel e aspirante a pianista, que se passe pela noiva. O pai simpatiza com Anne e ela, logo em seguida, vai embora. Mas, ao contrário das expectativas, no dia seguinte o milionário melhora de saúde e quer voltar a ver Anne. Johnny não vê nenhuma alternativa senão ir atrás dela e pedir que continuasse com a farsa.

Pode a princípio parecer um filme bobo, mas como tive a experiência e o prazer de assisti-lo, fiquei fascinado com o filme! Nos minutos iniciais que resume toda a sinopse já prende nossa atenção e sua narrativa caminhará no rumo em que esse trio será o centro das atenções. As atuações e fotografia são ótimas e deixam o filme mais doce possível. Claro que se tratando de trilha sonora, não há o que reclamar; pois a atriz Deanna Durbin era uma cantora e tinha uma ótima voz de soprano, e como é evidente, no filme ela usa seu talento tanto cantando quanto tocando piano. E esse talento está incluído na história já que a personagem Anne Terry é aspirante no mundo da música, muito embora seu talento seja formidável.


É engraçado perceber que Anne vê em toda essa farsa de se passar pela noiva de Johnny uma ótima oportunidade para que seu talento seja descoberto, e assim ela tenta lutar para conseguir esse objetivo mesmo que para isso ela tenha que enfrentar a resistência de Johnny que se encontra em um beco quase sem saída quando sua verdadeira noiva descobre o que aconteceu. E nesse contexto, é muito legal ver o plano arquitetado por Johnny em simular uma briga com Anne e assim terminar o noivado e depois supostamente conhecer sua verdadeira noiva e apresenta-la ao pai sem que ele perceba tudo. Mas quem disse que isso seria fácil?

Por isso, o filme caminha nesse aspecto: tentar arrumar uma maneira de corrigir aquela farsa sem que o velho note isso. Mas falando nele, vale destacar a brilhante atuação de Charles Laughton, o ator consegue convencer e impressionar! Seu personagem Jonathan Reynolds é aquele típico homem doente que não estar nem aí para a saúde, ignorando as orientações médicas o tempo todo, como por exemplo, não fumar. Mas Anne parecia ser a pessoa com quem o milionário mais se cativou, em especial por causa de seu talento para com a música. E mesmo muito depois após o velhote usar esperteza diante de tudo o que estava acontecendo, ele tinha uma opção em relação ao seu filho, talvez você preveja o que ele tinha em mente, eu consegui adivinhar o que era. E nesse momento é que o romance se manifesta de forma um tanto natural quanto esquisita.


No fim de tudo, o filme Raio de Sol é pura diversão! Sei inclusive que ele não é muito conhecido, mas como opinião pessoal, acredito que ele mereça esse reconhecimento, mesmo não sendo um dos que marcaram época como E o Vento Levou, Cidadão Kane, entre muitos outros. Vale mencionar também que esse filme foi indicado ao Oscar de Melhor Trilha Sonora em 1943.

Observação: Devido ao ano de lançamento do filme Raio de Sol, o mesmo se encontra em domínio público de acordo com as leis brasileiras, e por isso é mais um filme que está livre de direitos autorais. E como utilizo com muita frequência o fantástico site vk.com para assistir esses filmes, recomendo que assistam lá clicando nesse link. E mais um lembrete: você precisa ter uma conta no site para poder conferir o filme, se não o tiver faça, é grátis e rápido!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fiquem à vontade para comentar, mas por favor, nada de palavrões, insultos ou qualquer outra coisa que possa ofender o autor do blog e a terceiros. Seria interessante, porém, não obrigatório, que usuários anônimos se identificassem. Bons comentários!