PREDADOR 2 - A CAÇADA CONTINUA


O sucesso do filme O Predador de 1987 de John McTiernan foi tão grande que 3 anos depois, em 1990 foi lançado uma sequência em que traria novamente o assassino alienígena, onde ele novamente seria o causador de uma carnificina, só que dessa vez seria na movimentada cidade de Los Angeles, que estava passando por uma guerra contra os traficantes jamaicanos e colombianos.

Dirigido por Stephen Hopkins, o filme intitulado Predador 2: A Caçada Continua conta com Danny Glover, Gary Busey, Maria Conchita Alonso, Rubén Blades e Bill Paxton nos papéis principais. O longa se ambientará na cidade de Los Angeles, aonde o calor chega a ultrapassar os 40 graus. No meio desse calor imenso há uma tremenda guerra entre a polícia e traficantes que acabam desolando a cidade. E isso acaba atraindo o alienígena assassino, o mesmo que assombrou a tropa de elite na floresta da América Central no primeiro filme.


Danny Glover interpreta Mike Harrigan, um tenente da polícia federal valente e sempre disposto a travar combates com bandidos, mas que possui o grande defeito de ignorar ordens de seus superiores, algo que gera muito conflito no decorrer do filme. A guerra contra os traficantes acaba por resultar em diversas mortes misteriosas que acontecem com os traficantes e também com a polícia. Porém, um policial secreto assume a investigação das mortes e seus passos são considerados suspeitos por Harrigan, aos poucos o protagonista vai se envolvendo cada vez mais quando outros de seus companheiros são mortos de forma bizarra e brutal. E é ai que ele descobre que o assassino em série, era nada mais e nada menos do que um extraterrestre com inteligência e tecnologia avançada.

Com respeito a cenas de ação, Predador 2 cumpre seu objetivo, sendo mais repleto com cenas de mutilação do que o filme anterior. Alguns consideram Danny Glover um personagem desnecessário em comparação com Schwarzenegger. É bem verdade que Glover não é tão grande quanto Arnold, mas nada disso desmerece o ótimo desempenho de Danny Glover no filme, uma vez que seu personagem é muito mais afobado do que o Major Duth, e isso contribuiu para um filme mais interessante, onde o protagonista e o antagonista usam artimanhas para vencer a cansativa luta que acabam travando no final.  


O Predador revela características inéditas que não foram vistas antes. Ele não se atreve a matar crianças ou mulheres, principalmente se esta estiver grávida. Isso talvez indique que essa raça alienígena considere tais atos como crime moral. E isso é visto em outros filmes com o personagem. Mas se referindo ao conteúdo de Predador 2, uma outra novidade nos surpreende em relação a tecnologia avançada dele. Ele não apenas consegue enxergar em infravermelho, pois em uma cena onde uma equipe que cobriu o calor do corpo com roupas especiais armou uma armadilha para captura-lo, e ele ao desconfiar que havia algo errado, mas não via ninguém, ele ativa outros monitores que o fazem enxergar em diversos pontos e um deles conseguia capturar as luzes das lanternas que a equipe estavam utilizando. Uma grande novidade que foi revelada no meio de uma estratégia dos humanos que poderia facilmente acabar com ele.

E mesmo que o filme não desenvolva certos acontecimentos e personagens, a premissa inicial é que haverá uma grande matança e que isso geraria investigações por parte dos envolvidos, até chegar ao clímax que chega a ser mais alucinante do que o filme de 1987. Sem dúvidas é um filme que deve ser visto, em especial se você já tenha visto o primeiro, e mesmo que os personagens deste não aparecem novamente, durante esse segundo filme nós notamos que há uma ligação de eventos que nos fazem concluir que é uma sequência fiel e inovadora. 

NOTA: 8/10

Veja o trailer no vídeo abaixo:

Comentários

Postar um comentário