UMA VIAGEM INFERNAL


Uma Viagem Infernal, título original Heatstroke é um filme de drama e suspense lançado em 2013 com a direção de Evelyn Purcell. Estrelado por Stephen Dorff, Svetlana Metkina e Maisie Williams. 

O filme conta sobre Paul (Stephen Dorff), um especialista em hienas que está se preparando para uma viagem aos campos da África para pesquisa-los. Ele está indo com sua namorada russa, Tally (Svetlana Metkina) para ajudar. A filha de Paul, Josie (Maisie Williams) foi pega com drogas e agora está sendo forçada a ir junto com o pai para poder ficar de olho nela. Josie é uma adolescente mimada, cujo rosto está sempre enterrado no iPad ou com fones no ouvido, e quando ela se incomoda em falar é para reclamar da namorada do pai ou do ambiente entediante.


O filme se desenrola em sua parte inicial mostrando a convivência entre os três, com um clima de incomodo por parte da adolescente. Seu pai conversa a todo o momento com a namorada sobre a importância de tentar educar a filha, e ela se mostra bastante compreensível nesse aspecto, chegando até mesmo a encarar a menina, mesmo que a personalidade das duas é completamente oposta.

Essa introdução incomoda bastante, não acontece quase nada de interessante e pode fazer com que espectadores impacientes desistam. Mas, na metade da projeção, algo acontece: Paul e Josie são atacados por caçadores, onde Paul acaba morrendo com um tiro na cabeça. O motivo? Ele acabou vendo o que não deveria. E com relação à Josie, ela também se torna alvo dos bandidos, mas fica sem alternativa a não ser confiar na namorada de seu pai. As duas tentam sobreviver e escapar das garras dos assassinos de Paul a todo custo. Esse é o resumo geral do filme.

O ambiente do filme foi uma das poucas coisas que me agradou, a natureza selvagem, o close nos animais, tudo isso foi bem bacana. Vale lembrar que o filme foi gravado na África do Sul, nos deu uma amostra real sobre o habitat de certas espécies. Com relação ao conteúdo do filme, o que poderia se desenvolver muito bem mesclando o clima de suspense com o drama entre a incômoda convivência entre Josie e Tally, o filme comete o erro comum em abusar dos clichês e furos gritantes no roteiro. Todavia, o filme de alguma forma consegue prender a atenção a partir do momento em que os caçadores matam Paul.


Por outro lado, as atuações são horríveis! Eu não conheço o elenco, com exceção da britânica Maisie Williams, famosa por interpretar Arya Stark na série Game of Thrones. Eu a considero uma ótima atriz, mas nesse filme ela infelizmente não convence. Talvez o motivo tenha sido por que o roteiro não se aprofunda na personagem, exceto quando mostra que ela é uma adolescente rebelde, apenas isso. Mas, ao passo que o filme se aproxima do clímax, ele ganha alguns pontos por retratar o começo de uma amizade, mesmo após uma grande perda para ambas as partes.

Uma Viagem Infernal é um filme fraco e esquecível, não sei se recomendaria para alguém, a menos, é claro, que a pessoa queira ver não importa a opinião alheia, ou então quando não há mais nada para indicar. E quanto a essa segunda hipótese, é muito improvável que haja alguém que já viu todos os filmes que existem.

NOTA: 5/10

Veja o trailer no vídeo abaixo:

Comentários