quarta-feira, 16 de maio de 2018

Jumanji: Bem-Vindo à Selva

Mesmo com muitos filmes na lista, resolvi antecipar o filme Jumanji: Bem-Vindo à Selva, que é a sequência do filme Jumanji de 1995 que comentamos nesse LINK. Esse novo filme é bem recente, chegou às salas de cinema no Brasil no dia 4 de janeiro de 2018, com a direção de Jake Kasdan com Dwayne Johnson, Kevin Hart, Jack Black, Karen Gillan e Nick Jonas nos papéis principais. Esse filme acabou sendo para mim uma diversão e tanta, igualmente ao original. Repleto de situações engraçadas e capazes de deixar os personagens malucos. É diversão garantida!

Sinopse: Quatro adolescentes encontram um videogame cuja ação se passa em uma floresta tropical. Empolgados com o jogo, eles escolhem seus avatares para o desafio, mas um evento inesperado faz com que eles sejam transportados para dentro do universo fictício, transformando-os nos personagens da aventura.


Porém, ao contrário de minhas expectativas, Jumanji: Bem-Vindo à Selva não foi feito para resgatar todos os elementos do primeiro filme, dando assim aquela sensação nostálgica, ao invés disso, o roteiro aposta mais além, buscando elementos dos quais não foram vistos antes, como o principal palco do filme ser na selva, na qual Alan Parrish foi transportado anos atrás. Portanto, a exploração principal do filme é nessa selva gigantesca, onde os jogadores vão parar lá. Mas, é interessante ver que o jogo mudou, evoluindo aos nossos tempos. O que era um jogo de tabuleiro, se tornou aqui um videogame. Essa mudança, no entanto, pode não ter agradado muito os fãs mais velhos, mas eu vi como uma fuga dos clichês, e no resultado final acabou terminando de forma satisfatória.

É importante saber que esse novo filme traz um elenco novo, que não tem relação alguma com o de 1995, exceto em algumas referências. O filme começa mostrando um jovem encontrando o tabuleiro na praia, ainda nos anos 90, sem dúvida após os eventos do primeiro filme. E esse jovem chamado Alex é um fã dos videogames, e em vista disso o jogo evolui para esse estilo, o que motiva o rapaz a usá-lo. E ao fazer isso ele é sugado para dentro. Esse rapaz é dado como desaparecido por vinte anos.

Nos dias atuais, somos apresentados a personagens adolescentes que estudam em uma instituição próxima da casa de Alex, sendo que o foco são quatro deles, dois garotos e duas garotas. Estes acabam sendo castigados por motivos diferentes e em detenção, eles terão que limpar o porão da escola e lá eles encontram o Jumanji, que agora era um vídeo game. Os adolescentes decidem jogar, cada um escolhia um personagem do jogo e ao iniciar, todos são sugados para dentro do Jumanji. Somos apresentados a partir daí a famosa selva nunca mostrada com tamanha precisão antes, só que os jovens acabam dentro dos corpos de seus personagens escolhidos. Essa foi outra coisa legal do filme!


Então, eles percebem que a única maneira de sair dali é finalizar o jogo. Na selva, eles conhecem alguns personagens que são padrões do Jumanji e que serviam de guia, além disso, os animais selvagens se tornam os primeiros adversários. Outra coisa que eu achei bacana, foi o detalhe das tatuagens que representam as vidas dos jogadores, ou seja, se um morre, ele perde um pedaço da tatuagem e retorna caindo do céu. Esses detalhes e outros como a personalidade dos jogadores foram muito bem trabalhados e se tornam motivos maiores para a diversão apresentada no filme. O garoto Alex acaba sendo encontrado pela turma, e ele se junta a eles para finalmente encontrar sua saída após vinte anos preso no jogo.

Jumanji: Bem-Vindo à Selva é um ótimo filme de aventura, mas não é algo excepcional, é um passatempo saudável e divertido e se juntarmos o carisma do elenco principal e a forma como o filme caminha dentro dessa grande aventura é o que faz valer a pena dedicar tempo assistindo. Sem falar na fotografia maravilhosa que o filme teve e os efeitos especiais. Pra quem é fã do clássico, deve ter gostado desse aqui. É claro que se pessoa esperasse o mesmo estilo de jogo, pode ter ficado frustrado, mas no fim das contas o que vale mesmo é a diversão!

Veja o trailer no vídeo abaixo:

Um comentário:

  1. Este post é excelente, tem uma perspectiva interessante sobre Jumani Bemvindo A Selva. A direção é incrível, acho que Jake Kasdan nos mostrou novamente seu grande talento neste filme. Também a trilha sonora que eu adorei, é uma parte fundamental do filme, pois é cheio de tudo.

    ResponderExcluir