ROMEU TEM QUE MORRER


Jet Li estreou em Hollywood como o inimigo da dupla de policiais Martin e Roger em Máquina Mortífera 4. Entretanto, seu primeiro papel de destaque no cinema americano foi em Romeu Tem Que Morrer, título original Romeo Must Die lançado em 2000, e é o filme do qual iremos falar hoje. 

Muitas pessoas se perguntam após assistirem esse filme: “onde está o Romeu?” Na verdade, o que acontece é que o filme possui uma semelhança com Romeu e Julieta, onde fala sobre vingança entre famílias, todavia, não tem nada a ver com sobrenome. Esse filme foi dirigido por Andrzej Bartkowiak, fazendo sua estreia como diretor.


O filme conta sobre o submundo do crime que gerou uma verdadeira guerra em São Francisco. Porém, a máfia chinesa, comandada por Ch'u Sing (Henry O), disputa o controle do porto com o grupo chefiado pelo afro-americano Isaak O'Day (Delroy Lindo). Em Hong Kong, o ex-policial Han Sing (Jet Li), filho de Ch'u, foi injustamente acusado e cumpre pena, pois assim permitiu que seu pai, um chefão chinês do crime, e seu irmão fugissem para São Francisco.

Ao saber que seu irmão foi morto, ele escapa da prisão e vai para os Estados Unidos atrás do assassino. Hostilizado pela própria família e alvo da gangue inimiga, Han encontra apoio em Trish O'Day, justamente a filha de Isaak, mas muita coisa está em jogo. E Han terá de usar todo seu conhecimento das artes marciais para sair vivo.


Como é evidente, Jet Li além de talentoso para artes marciais, possui um carisma e tanto. Alguns do elenco trabalharia novamente com ele em filmes posteriores como O Confronto (2001) e Contra o Tempo (2003). Romeo Must Die não possui um roteiro original e profundo, mas as subtramas são interessantes! A coreografia de luta é boa, no entanto, há algumas cenas que ficaram muito artificiais, o que acaba estragando a experiência e o talento de Li. 

NOTA: 6,8/10

O filme está disponível na Netflix.

Veja o trailer no vídeo abaixo: 

Comentários

  1. É um bom filme de ação, assim como os outros que vc citou no texto.

    A cantora Aaliyah faleceu pouco tempo depois do lançamento deste filme, tendo deixado ainda uma participação no péssimo "A Rainha dos Condenados".

    Abraço

    ResponderExcluir

Postar um comentário