MARLEY & EU


Marley & Eu foi um sucesso de bilheteria na época natalina do ano de 2008. Dirigido por David Frankel e é baseado no livro de memórias homônimo escrito por John Groga. No filme, temos a presença de Owen Wilson, Jennifer Aniston, Alan Arkin e Eric Dane.


A história se centra no casal John (Owen Wilson) e Jenny (Jennifer Aniston), que após o casamento vão morar em uma bela casa no sul da Flórida, onde passam a trabalhar como repórteres. Quando sentem que é hora de ter um filho, o casal é aconselhado por um amigo a adotar um cão, para ver se realmente estariam preparados para criar um filho.



O cão que eles adotam se chama Marley, que vai se revelando ser um animal incorrigível, adora fazer travessuras, deixando seus donos à beira da loucura. Mas, mesmo com tudo isso, eles procuram dar o máximo de amor ao animal. A situação vai começando a fugir do controle quando Jenny engravida três vezes seguidas, onde mistura crianças e o tão travesso Marley, ocasionando em muitas brigas entre o casal. No entanto, eles conseguem dar a volta por cima e superar as barreiras que foram colocadas diante deles.

Mas, Marley não iria ficar para sempre ao lado deles, pois chega um momento em que a emoção acaba por tomar conta dos personagens e claro, do espectador. Marley & Eu é um filme extremamente emocionante, e em seu desfecho é praticamente impossível conter as lágrimas. Mesmo que tudo o que acontece seja altamente previsível, pois sabemos onde e como tudo irá acabar.



Antes de assistir a esse filme, eu achava que a figura central seria o cachorro. Mas, não. O foco que o filme faz questão de expor é a relação entre John e Jenny e como eles iriam lidar com todo o alvoroço que acontece na vida deles: o trabalho que o cãozinho dar, a criação dos filhos, o emprego e cuidar de uma casa. Tudo isso gera uma correlação com o cotidiano da sociedade, que embora este seja um caso específico, eu pude notar no filme a incrível forma de lidar com problemas, que é nada mais nada menos que a colaboração e compreensão entre os responsáveis; no caso aqui John e Jenny.

Marley & Eu ainda consegue trazer uma boa dose de humor que mesclando ao drama vivido pelo casal, faz com que o filme ative cada vez mais sua simplicidade na narrativa. Pra mim, foi um filme extremamente saudável, que além de me divertir bastante, trouxe inúmeras lições de vida. Sem mencionar nas frases memoráveis envolvendo os cães e seus donos, nos motivando a nunca agir com violência com animais domésticos, mesmo que eles acabem nos dando algum prejuízo financeiro. O amor suporta qualquer coisa! Nesse filme, tudo funciona de uma maneira linda e leve, capaz de nos arrancar sorrisos e lágrimas ao mesmo tempo! 

NOTA: 9/10

Veja o trailer no vídeo abaixo: 

Comentários