AS OLHEIRAS - 2013


Olheiras ou Noites em Claro? Acho que os dois títulos combinam com o que se passa no filme Dark Circles do diretor Paul Soter lançado em 2013. Esse filme foi produzido com um baixo orçamento e se apresenta como um terror, porém, tem seus altos e baixos.

A história vai contar sobre um casal que acaba de gerar seu primeiro filho. Considerando que criar um bebê na cidade movimentada não é uma boa ideia, eles decidem se mudar para uma casa de campo, afim de que criem seu filho no meio da calmaria. E isso também iria ajudar o marido a compor suas músicas. Só que a estada deles na casa trará inúmeras situações das quais iriam incomoda-los. Além de ter que cuidar de um bebê, o que geralmente exige que acordem no meio da noite várias vezes, eles passam a ser incomodados com uma construção barulhenta perto de onde eles moram, e ainda por cima, começam a ver vultos de uma mulher estranha que rodeia a casa. A princípio, eles acreditam que tais alucinações são consequências da falta de uma boa noite de sono, mas há muito mistério a ser revelado.


Conforme o tempo passa e o casal não consegue dormir, a tensão aumenta e desentendimentos acontecem com determinada frequência. Eles contratam uma babá para passar a noite com o bebê, enquanto eles podem dormir tranquilamente. Mas tudo não acontece como planejado e a figura estranha da mulher no lado de fora da casa é o que mais assusta o casal e literalmente rouba a cena.

O filme consegue se sobressair em conter o mistério da mulher camuflado na maior parte da projeção, embora ela esteja presente já na cena inicial. A narrativa é bem simples e com inúmeros clichês do gênero, o estilo de filmagem é algo bem interessante de acompanhar. A produção rende alguns sustos e cenas bem sinistras e amedrontadoras. Porém, o filme acaba cometendo muitos deslizes e principalmente no ato final quando o mistério sobre a mulher estranha vem à tona, muita coisa que tinha acontecido no decorrer da história ficou sem explicação e lógica, o que de certo modo acabou estragando o resultado final, pois deixou o roteiro com muitos furos.


Olheiras é um filme que se apresenta como terror, mas um fã do gênero não deve criar muitas expectativas em relação a isso. O que eu pude notar é que o filme apela muito para o lado psicológico dos personagens, e o fato deles não dormirem adequadamente, o longa acerta bonito ao fazê-los acreditar em alucinações, e isso eleva a tensão do filme a um patamar merecido. Apesar dos erros do roteiro, a história consegue criar uma atmosfera sombria que motiva o espectador a assistir até o final.

É bom estar ciente de que este filme dividiu opiniões de diversos modos que vai do horrível ao ótimo. Por isso, veja por você mesmo e tire suas conclusões. A minha opinião particular é que Olheiras é apenas um filme mediano que cumpre parcialmente alguns critérios do gênero, e que mesmo diante de clichês irritantes, a produção ganha alguns pontos em vista do clima tenso e sombrio, sem falar na questão misteriosa envolvendo a mulher sinistra que aparenta ser uma assombração. 

NOTA: 5,6/10

Veja o trailer no vídeo abaixo: 

Comentários

  1. Vi muitos filmes de suspense deste tipo nos anos 90 e 2000. Hoje tento fugir destas bombas. As vezes comento no blog sobre alguns destes filmes.

    Abraço

    ResponderExcluir

Postar um comentário