O PODEROSO CHEFÃO


Considerado um dos maiores filmes da história do cinema, O Poderoso Chefão, título original The Godfather lançado em 1972 é um dos filmes que sempre encontramos no topo de listas dos melhores filmes já feitos. Baseado no livro homônimo de Mario Puzo, que assina o roteiro do filme com o diretor Francis Ford Coppola e é estrelado por Al Pacino, Marlon Brando, James Caan, Richard Castellano e Robert Duvall entre muitos outros nomes importantes.

Esse clássico foi indicado a dez Óscars e venceu em três categorias: Melhor Filme, Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Ator (para Marlon Brando). Para muitos críticos, esse filme é um exemplar perfeito em diversos aspectos como adaptação, trilha sonora, construção de personagens, arco dramático, atuações espetaculares e, sobretudo por fazer uma longa duração de quase 3 horas passar despercebida em virtude da trama prender a nossa atenção de uma forma sensacional!


O filme conta sobre a família Corleone após a Segunda Guerra Mundial e nos conduz à maneira como essa família de mafiosos age perante outros. Não obstante, a família se envolva em negócios criminosos, o padrinho, Vitor Corleone (Marlon Brando) é um exemplo perfeito de dedicação à família. Ele repudia qualquer ação que vá contra os princípios familiares e está sempre fazendo referência a isso. Seus filhos sempre andam atrás de si, com exceção de Mike (Al Pacino), o caçula da família e o único que não se envolve nos negócios do pai.

É claro que por ser alguém poderoso, Vitor Corleone frequentemente recebe visitas e uma delas foi para que ele oferecesse proteção a um negócio envolvendo drogas. Ao desaprovar esse tipo de trabalho com o medo de perder suas conexões políticas, ele é alvo de atentados contra sua vida. Nesse contexto, seu filho caçula Mike temendo a morte do pai, passa aos poucos a se envolver nos negócios da família, chegando até mesmo a matar os homens que atentaram contra a vida de seu pai.


Ao contrário do que muitos podem pensar, o verdadeiro protagonista desse filme é Michael Corleone e não o seu pai Vitor. Ele é a figura central de toda a história, apesar de que no começo ele pareça mais um coadjuvante e seu pai o pilar de tudo que acontece no filme. De fato, o personagem de Marlon Brando é a base de tudo e seu filho caçula que o sucederia iria passar a botar ordem na casa usando métodos diferentes dos que seu pai usava, é por isso que esse filme teve mais duas sequências, que por sinal são tão perfeitas quanto esse primeiro filme.  

Minha simples opinião é essa: O Poderoso Chefão é sim um dos maiores filmes da história do cinema. Assisti-lo é como se nós estivéssemos em uma aula de cinema de alto nível. Também é impossível não amar a trilha sonora, principalmente a música tema, considerada por críticos como a coisa mais linda já feita no cinema. Veja o vídeo abaixo com a melodia do filme, simplesmente fascinante!


Também não tem como não falar das atuações e figurinos. Tudo é perfeito! Tudo funciona de uma forma magnífica e exuberante! Se nós formos julgar por estes aspectos, eu diria que esse filme ultrapassa qualquer um que já foi feito até hoje. A brilhante direção de Coppola é indiscutível! O cara fez um trabalho excepcional em virtude do tempo de duração do filme, não o tornou cansativo e nem apelou para cenas desnecessárias. Além disso, a fotografia do filme é outro ponto forte, pois consegue fazer com que o arco dramático da história ganhe vida, por assim dizer. A exploração dos personagens, sejam homens ou mulheres, foi muito bem trabalhada e cada um teve sua participação importante para o desenrolar da trama. Claro que algumas coisas ficaram vagas, mas as sequências estão aí para preencher o que não havia sido feito.

Com toda sinceridade, O Poderoso Chefão é um filme obrigatório para todos os que apreciam cinema, mesmo que o gênero não seja o seu preferido, você precisa ver a forma como o filme caminha e se você leu o livro, melhor ainda. A experiência é muito mais gratificante para quem já conhece a história original. Suas sequências não são inferiores e são também altamente recomendadas. Em suma, esse é o filme perfeito e um marco memorável na história que jamais será esquecido. 

NOTA: 10/10

Veja o trailer no vídeo abaixo: 

Comentários

Postar um comentário