domingo, 4 de julho de 2021

TODO MUNDO EM PÂNICO 2

 

Todo Mundo em Pânico 2 é a sequência de Todo Mundo em Pânico lançado em 2001. Dirigido por Keenen Ivory Wayans, e estrelado por Anna Faris, Regina Hall, Shawn Wayans e Marlon Wayans. 

Essa sequência não teria sido feita se não fosse pelo sucesso do primeiro, assim sendo, se tornou uma das franquias de comédia mais famosas dos anos 2000. Megan Voorhess é uma jovem garota que está possuída pelo demônio. Os padres McFeely e Harris partem em seu socorro, a fim de exorciza-la, mas falham miseravelmente em sua missão, quando as línguas de Megan e do padre McFeely ficam presas e todos acabam vomitando sopa de ervilha uns nos outros. 


Um ano depois, Cindy Campbell, Ray Maker, Shorty Meeks e Brenda estão tentando esquecer os incidentes que ocorreram com o grupo no último Halloween. Neste contexto, Cindy está apaixonada por Buddy e Ray continua indeciso sobre sua sexualidade, até que o professor Oldman e seu assistente deficiente Dwight encomendam aos alunos um estudo sobre a casa do inferno, um lugar onde uma sessão frustrada de exorcismo ocorreu no passado. 

Mas o caos tem inicio quando Cindy encontra Hanson, o vigia louco da mansão, que possui uma mão deformada, fazendo com que o grupo desvende os vários mistérios que cercam o local. 


Todo Mundo em Pânico 2 cumpre sua premissa ao satirizar vários filmes famosos, dessa vez o clássico O Exorcista, A Casa Amaldiçoada, Hannibal, As Panteras entre outros. Esse é de longe o meu preferido da franquia, pois considero as situações aqui as mais engraçadas, como por exemplo, a cena icônica do exorcismo, a luta contra o gato e a refeição sendo estragada pela "mãozinha". 

É claro que por se tratar de uma sátira, esse filme não é pra ser levado à sério, apenas assistir e se divertir. 

NOTA: 7/10 

O filme está disponível no Telecine Play.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fiquem à vontade para comentar, mas por favor, nada de palavrões, insultos ou qualquer outra coisa que possa ofender o autor do blog e a terceiros. Seria interessante, porém, não obrigatório, que usuários anônimos se identificassem. Bons comentários!