quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Como Eu Era Antes de Você

A adaptação do romance homônimo de Jojo Moyes Me Before You chegou aos cinemas no ano de 2016, e tem agradado boa parte do público. Dirigido por Thea Sharrock, e estrelado por Emilia Clarke, Sam Clafin, Jenna Coleman, Charles Dance e Matthew Lewis.

Sinopse: Rico e bem sucedido, Will (Sam Claflin) leva uma vida repleta de conquistas, viagens e esportes radicais até ser atingido por uma moto, ao atravessar a rua em um dia chuvoso. O acidente o torna tetraplégico, obrigando-o a permanecer em uma cadeira de rodas. A situação o torna depressivo e extremamente cínico, para a preocupação de seus pais (Janet McTeer e Charles Dance). É neste contexto que Louisa Clark (Emilia Clarke) é contratada para cuidar de Will. De origem modesta, com dificuldades financeiras e sem grandes aspirações na vida, ela faz o possível para melhorar o estado de espírito de Will e, aos poucos, acaba se envolvendo com ele.


Como Eu Era Antes de Você é um filme divertido, emocionante e triste. Possui elementos eficazes para uma comédia romântica, porém, sua estrutura narrativa aposta exclusivamente nas emoções e mudanças de comportamento. O protagonista Will sofre um acidente e fica tetraplégico. Sua situação não é nada confortável, em especial para ele sendo bem jovem e com um futuro imenso pela frente. Angústia, depressão, tentativas de suicídio o acompanharam nesses momentos. Só que sua família sempre estava ali para dar o apoio necessário.

Com sua situação deplorável, Will se torna extremamente arrogante perante as pessoas, em especial para aquelas pessoas cujo seus pais pagavam para cuidar dele. Por isso, todas essas pessoas desistiam do trabalho por que não suportavam o comportamento cínico de Will. Preocupados e temendo que algo ruim poderia acontecer com ele, seus pais tentam contratar uma nova pessoa para dar conta do serviço, e para chamar atenção eles anunciavam o emprego com um ótimo pagamento.

É nesse contexto que entra em cena a personagem Louisa Clark, uma linda jovem sorridente, distraída, se veste mal, entre outros atributos que serão um desafio para a mesma no novo trabalho. Também é muito faladeira e algumas vezes fala o que não deve. Por ser de uma família humilde e que necessitava muito de dinheiro, ela aceita o emprego. Só que seus primeiros dias foram os piores que ela já teve. A arrogância de Will a deixava muito triste e preocupada. Porém, sabendo que o dinheiro que iria ganhar poderia ajudar muito na sua casa, ela faz o possível e o impossível para manter-se no emprego.


Nessa linha narrativa, o filme se torna bastante previsível. Fica claro que iria culminar em um envolvimento romântico entre os dois. Will vê a persistência e dedicação de Louise e aos poucos vai nutrindo uma afeição por ela, e com ela acontece exatamente a mesma coisa. Mas, quando chega perto do desfecho, acontece algo que fez com que muitas pessoas não gostassem do filme, não irei detalhar esse ponto para não estragar o prazer de quem ainda não viu, mas de uma coisa é certa: esse filme machuca, e muito! No entanto, o que acontece ali é bastante compreensível, porém, o filme não nos dá muitos detalhes a respeito, e isso ao meu ver é um dos pontos fracos da história.

Como Eu Era Antes de Você trás uma mistura de situações, um tanto dramáticas quanto engraçadas. Em relação à comédia apresentada, talvez isso foi feito para fazer um contraste com o outro ponto abordado. E como romance, o filme é muito legal e caminha por um rumo diferente e imprevisível. Eu não li a obra de Jojo Moyes e, portanto, não posso fazer comparações se o filme foi fiel à obra literária ou se os elementos do livro foram aplicados no filme. Em poucas palavras, eu recomendo o filme sim, por que ele acima de tudo consegue mostrar que um sorriso vale mais que mil palavras e que a persistência é amiga da conquista. E isso pra mim em particular, valeu muito a pena!

Veja o trailer no vídeo abaixo: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário