HISTÓRIAS CRUZADAS


Quando eu assisti ao filme Histórias Cruzadas eu não imaginava que sua pegada seria tão profunda. Em outras palavras, o filme consegue te emocionar, divertir e causar revolta com situações racistas ao extremo! O título original do filme é The Help, foi lançado em 2011 e dirigido por Tate Taylor. O elenco do filme é altamente talentoso, temos nos papéis de destaque as atrizes Emma Stone, Bryce Dallas Howard, Viola Davis e Octavia Spencer.

Esse filme é baseado no romance homônimo de Kathryn Stockett. A história acompanha uma mulher caucasiana, Eugenia Skeeter Phelan (Stone) e seu relacionamento com duas empregadas negras durante a era americana dos Direitos civis nos EUA de 1960. Phelan é uma jornalista que planeja escrever um livro sobre as domésticas negras, e com isso consegue mostrar para todos que essas pessoas sofrem racismo na casa dos brancos.


As empregadas eram sempre negras, e eram tratadas apenas para preencher as necessidades dos brancos como cuidar dos filhos, da casa, fazer comida entre outras tarefas domésticas que uma pessoa negra não tinha opção para escolher. O negócio do racismo é tão sério que nem mesmo as empregadas podem tocar nos patrões, com exceção dos filhos, e não podem usar o mesmo banheiro, segundo uma das personagens antagonista do filme diz que os negros possuem doenças, e que compartilhar o mesmo sanitário poderia transmitir para eles.

Diante de todo o absurdo que as empregadas sofriam no local de trabalho, elas não tinham coragem de falar nada para que alguém as ajudasse. E é nesse contexto que a personagem de Emma Stone, a protagonista Phelan se manifesta com sua ideia de escrever um livro contando a vida das empregadas domésticas e a convivência que estas têm com seus respectivos patrões. E então era essa a oportunidade para que suas vozes sejam ouvidas por todos na sociedade.

Acredito que mesmo com essa abordagem de extrema importância, Histórias Cruzadas não teria tanto efeito se não fosse o elenco magistral que possui. As atuações são as principais características que fazem do filme algo excepcional! E isso não é nem de surpreender já que o filme recebeu quatro indicações ao Oscar e venceu o de Melhor Atriz Coadjuvante para Octavia Spencer, que também venceu o Globo de Ouro e BAFTA nesta mesma categoria. E os demais do elenco também estão ótimos!


O filme consegue nos arrancar lágrimas quando uma das empregadas é demitida por sua patroa extremamente intolerante, mas ao mesmo tempo consegue nos descontrair com cenas cômicas da vingança, como no caso do bolo de chocolate, se você já viu o filme já deve ter entendido o que eu quis dizer. Quem ainda não viu assista, pois não vou dar nenhum spoiler grande.

Histórias Cruzadas é um ótimo filme dramático que merece ser visto pelo menos uma vez, no entanto, a duração de 137 minutos pode parecer um pouco longa. Mas, acredito que logo no começo, o filme irá cativar a pessoa atenta e que curte temas dentro do contexto social. 

NOTA: 8/10

Veja o trailer no vídeo abaixo: 

Comentários

  1. é muito desconfortável e pensar que era proibido escrever sobre a história das empregadas negras no mississipi e mesmo assim ela escreveu para nos colocar em contato com tanta segregação racial e preconceito. grande filme. ótimas interpretações. falei aqui https://mataharie007.blogspot.com/2013/03/historias-cruzadas.html

    ResponderExcluir

Postar um comentário